segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Cisternas rotas


“Porque dois males cometeu o meu povo: a mim me deixaram, o manancial de águas vivas, e cavaram cisternas, cisternas rotas, que não retêm as águas”. (Jeremias 2.13)

Primeiramente vamos ao contexto: Jeremias foi chamado por Deus como profeta para repreender o povo de Israel (1.5). O Senhor não perdeu tempo! Disse o que Jeremias deveria fazer: Tu, pois, cinge os lombos, dispõe-te e dize-lhes tudo quanto eu te mandar; não te espantes diante deles, para que eu não te infunda espanto na sua presença” (1.17). A expressão: “cinge os lombos, dispõe-te...”, me chamou a atenção: outra versão traduziu por “Prepara-te, levanta-te...”. O verbo “dispõe-te”, “levanta-te” significa: “Esteja em pé”. Noutras palavras Deus disse para Jeremias: Esteja preparado para a obra que você foi chamado para realizar, seja meu servo.

A mensagem foi clara, dois males foram apontados pelo Senhor:
1º O povo de Israel abandou a mim, a fonte de água viva. “Fizeram o que era mal aos olhos de Deus, queimaram incenso a deuses estranhos, e adoraram as obras das suas próprias mãos” (1.16), “O meu povo me trocou por aquilo que é imprestável” (2.11);
2º Construíram cisternas, mas cisternas rotas. Cisternas que não retém água. “... cavaram para si cisternas furadas”. Eles desprezaram a o manancial, a fonte de água viva.

A função das cisternas é reter água. Israel errou tremendamente, pois preferiram construir suas próprias cisternas, mas Deus diz que são “cisternas rotas”. Ou seja, são aquelas que não cumprem seu papel corretamente, elas estão quebradas ou que vão quebrar, são aquelas que estão vazando, que não retém água.

Pensando nisso, fica impossível não se lembrar de Jesus Cristo e seu diálogo com uma mulher samaritana. Era por volta do meio dia quando chegou a Sicar, cidade de Samaria, Lá havia um poço e Jesus se sentou junto ao poço, em seguida chegou a mulher e Jesus lhe pede água. Ela fica surpresa, pois os judeus não se davam bem com os samaritanos. Então Jesus lhe respondeu: "Se você conhecesse o dom de Deus e quem lhe está pedindo água, você lhe teria pedido e ele lhe teria dado água viva" (João 4.10).

Noutra ocasião Ele disse: "Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva" (João 7.37-38). Ele faz uma citação de Isaías 55.1-6: "1 Venham, todos vocês que estão com sede, venham às águas; e vocês que não possuem dinheiro algum, venham, comprem e comam! Venham, comprem vinho e leite sem dinheiro e sem custo. 2 Por que gastar dinheiro naquilo que não é pão e o seu trabalho árduo naquilo que não satisfaz? Escutem, escutem-me, e comam o que é bom, e a alma de vocês se deliciará na mais fina refeição. 3 Dêem ouvidos e venham a mim; ouçam-me, para que sua alma viva. Farei uma aliança eterna com vocês, minha fidelidade prometida a Davi. 4 Vejam, eu o fiz uma testemunha aos povos, um líder e governante dos povos. 5 Com certeza você convocará nações que você não conhece, e nações que não o conhecem se apressarão até você, por causa do Senhor, o seu Deus, o Santo de Israel, pois ele lhe concedeu esplendor ".  E para concluir, v. 6 “Busquem o Senhor enquanto se pode achá-lo; clamem por ele enquanto está perto”.

Jesus é a Água Viva. O problema é que ainda hoje há muitas pessoas que buscam saciar sua sede em outras fontes, ainda há pessoas fazendo para si mesmas “cisternas rotas”. Pois não querem a Água Viva. No entanto, só há um manancial que contém Água Viva e esta fonte é Jesus Cristo. Somente Ele pode saciar a sede. Você já bebeu desta Água?

No Amor de Cristo,

Paulo Berberth

2 comentários:

  1. “Esteja em pé”. Noutras palavras Deus disse para Jeremias: Esteja preparado para a obra que você foi chamado para realizar, seja meu servo.

    Assim como Jeremias, estejamos prontos para Servir
    E Anunciar a Fonte de água viva, Jesus.

    Pastor, texto maravilhoso,
    Deus abençoe Ricamente

    bjs Lara

    ResponderExcluir
  2. Realmente uma realidade em nossos dias, muitos bebem a água sem se preocupar qual é a fonte.

    ResponderExcluir

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth